Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

O jardineiro do senhor Abramovich (crónica política)

Este é um romance de covers, uma playlist exaustiva de crónicas muito conhecidas…

 

No dia em que, embrulhado em folhas de jornal como se fosse um peixe, deu por si acordado numa rua de Genebra, longe do seu país e dono de uma língua só, Carolino tentou em vão lembrar-se do seu nome. Há séculos que não o ouvia, pelo menos, desde que um ano antes deixara o Porto rumo ao país mais pequeno do mundo ou, pelo menos, do mundo que conhecia. Carolino desconfiava deste país anão e sorridente e feliz, sem razões. Carolino nunca gostou de anões, nem dos que faziam meças no circo, nem dos que encontrava na rua. Uma vez, na praça da Ribeira, viu um anão pendurado no ombro do segurança de um bar, como se fosse um pequeno símio observando o movimento dos frequentadores da noite. Tinha uma manga cavada justa, igual à do seu portador, e o mesmo olhar feroz. Até aí, Carolino não sabia que os anões eram pessoas como as outras, estava habituado a vê-los do lado de lá da grade, ou pelo menos disso persuadido. O anão da Ribeira inscreveu-se na sua memória de forma tão marcante, que nunca mais foi possível a Carolino apagar aquele fotolito antigo, que lhe trazia a cada novo avistamento de anões a impressão nítida de quando era criança e ensaiava futuros em folhas de desenho e proporções simbólicas, no caso, invulgarmente minúsculas.

Na Suíça tudo é pequeno, como se fosse um país de brincar, e adaptado a essa condição. As casas são exíguas, tal como as pessoas, e nelas cabem apenas móveis de dimensões ridículas, um pai, uma mãe e um filho pequeno para sempre, todos enxertados naquela pequenez triangular. A Suíça está suspensa nesse tripé frágil em dia de vento - que desembrulha Carolino, acondicionado nas notícias da semana anterior – e é preciso passar por países grandes e sérios para lá chegar. Quando Carolino meteu na cabeça ir para a Suíça, a Suíça era um país de brincar, na cabana timorata feita de queijo no meio de um bosque nevado ou uma jangada de chocolate de leite rompendo o bloco sólido de água de um lago nos arredores de Berna. Só algum tempo depois descobriu que confundira o anão com a criança, um erro clássico entre os inocentes. A Suíça não era um país de brincar, era um país anão às portas da Europa, pendurado nos ombros da França e da Alemanha, ao qual já não podia escapar. É por isso que este romance acaba aqui.

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 18:10

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Junho de 2014

Coelho em vinha d'alhos

Para esta noite, o coelho (caseirinho) já está no tempero... Vinho tinto, alho, sal, louro e alecrim aos molhos...

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 13:59

link do post | comentar | favorito

Favas à Dona Helena

Depois de descascar as favas e de as deixar em água durante três horas, segui os passos da Dona Helena, autoridade mór na minha vida para tachos e panelas!

 

Ingredientes:

 

Chouriça de carne;

5 tiras de entremeada;

3 Tomates maduros;

1,5kg de favas;

Vinho branco;

Alecrim;

Orégãos;

Louro;

Azeite;

Alho e cebola;

 

Modo de preparação:

 

Cortar a entremeada às tiras bem fininhas e temperá-la com vinho branco, louro, alho, sal. Deixar no tempero durante duas a três horas.

 

Retirar a carne da calda (reservar a calda) e escorrê-la bem. Depois, numa frigideira, em azeite quente, e por etapas, de modo a que fique pró tostadinha, fritar ligeiramente a carne. Deve fazer-se por camadas e não com a carne toda duma vez, senão, vai ficar cozida e não frita.

 

Reservar a carne.

 

 

Entretanto, ao mesmo tempo, num tacho de ferro, cobrir o fundo com azeite, uma cebola grande bem picada, alho, louro e três tomates médios sem casca, bem maduros e cortadinhos aos pedaços. Deixar refogar durante cinco minutos em lume médio e acrescentar as favas, sal, orégãos e alecrim; deixar envolver durante alguns minutos e acrescentar a calda da carne (vinha d'alhos com vinho branco) de modo a cobrir as favas (se necessário, juntar um pouco de água), deixar levantar fervura, juntar duas a três malaguetas (a gosto) e deixar cozinhar em lumo brando durante aproximadamente 40 minutos. Cinco minutos antes de desligar, aumentar o lume, acrescentar a carne, a chouriça de carne cortada às rodelas, deixar levantar fervura, mexer bem, deixar apurar no mínimo durante cinco minutos e desligar.

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 13:34

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2014

Família numerosa

 

E nem sequer se tratava de um pequeno almoço continental

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 13:56

link do post | comentar | favorito

A Madalena é um puzzle de 16 peças

Estávamos nós hoje a terminar o pequeno-almoço ou, como se diz cá por casa, le petit-déj', e eis que surge la petite princesse com mais uma obra prima das suas, desta feita, transformada num puzzle de quatro peças feito por ela. Insisti, tornei-o num de 8 que ela compôs, insisti encore une fois, decompu-lo em 16 et voilà, elle a assuré encore une autre fois.

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 11:02

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Abril de 2014

Gustavo le jour de son anniversaire

 

 Controlo de bola...

 Tentativa de ultrapassar um "adversário"

e amigo...

 Momento da celebração de

mais um tento...

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 17:44

link do post | comentar | favorito

Gustavo le jour de son anniversaire

No dia 30 de Março o Gustavo atingiu os dois algarismos: 10 anos comemorados com uma festa especial porque esta alegria que nos dás comove-me, rapaz.

 Com os progenitores momentos antes da festa...

 

 Com os manos no campo de futebol

improvisado chez mamie

 

 Le gâteau, biensûr...

 

 La rigolade...

 

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 17:24

link do post | comentar | favorito

Santiago "El Pibe" Pereira

 

Momento de classe pura na condução de bola...

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 17:19

link do post | comentar | favorito

Santiago "el pibe" Pereira

 

Em pleno treino (22-03-2014)

 

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 17:13

link do post | comentar | favorito

Salgueiros-AD Várzea (22-03-2014)

 

"Casillas" em grande plano!

Procura Boato sobre:
Boatador oboato às 17:09

link do post | comentar | favorito

.Boateiros

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Boatos fresquinhos

. O jardineiro do senhor Ab...

. Coelho em vinha d'alhos

. Favas à Dona Helena

. Família numerosa

. A Madalena é um puzzle de...

. Gustavo le jour de son an...

. Gustavo le jour de son an...

. Santiago "El Pibe" Pereir...

. Santiago "el pibe" Pereir...

. Salgueiros-AD Várzea (22-...

.Boataria

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Procura Boato sobre

. todas as tags

blogs SAPO